Entre em forma com a ajuda dos seus filhos

Sou fã de usar o que quer que seja para me exercitar: uma árvore na qual eu me apoie para fazer flexões, obstáculos sobre os quais eu possa pular, uma ladeira que eu possa subir correndo etc.

Sou pai e minimalista. Por isso, quero compartilhar com você um segredo sobre a melhor maneira de entrar em forma: esqueça a academia, e conte com os seus filhos.

Queridos pais, caso ainda não tenham se tocado disso, eu super recomendo. Ao invés de gastar uma grana todo mês pagando academia, eu uso os meus filhos para fazer exercícios.

Como? De várias maneiras. Mas listo algumas abaixo:

  • Carregando-os no meu ombro quando passeamos na rua.
  • Apostando corrida com eles — em geral, ladeira acima.
  • Fazendo flexões com o peso deles nas minhas costas.
  • Levantando-os várias vezes — como se estivesse levantando peso.
  • Jogando futebol — corremos bastante.
  • Quando vamos à praia, pulamos várias vezes dentro d’água — um ótimo exercício.
  • Carregando um deles nas costas enquanto aposto corrida com o outro ladeira acima. Sim, eu adoro subir uma ladeira.

Melhor que academia

Por quê?

  1. Crio um vínculo maior com meus filhos. Ao invés de passar tempo longe deles indo pra academia, eu passo mais tempo com eles, e acabo me exercitando durante o dia.
  2. O trabalho se torna brincadeira. Exercícios passam a ser brincadeiras, e isso é bem diferente de ter que ir pra academia. Brincar é legal, é fácil e também é uma ótima maneira de entrar em forma.
  3. É de graça. Ok, ter filhos não é barato — mas já que eu já tenho filhos, por que não tirar vantagem disso? Estou economizando dinheiro e entrando em forma ao mesmo tempo — estou ganhando dos dois lados.
  4. Você se torna um exemplo. A criança aprende mais quando vê os outros fazendo, em especial os pais. Você pode passar o dia tentando ensiná-los algo, mas se eles não o virem fazendo, todo o esforço vai por água abaixo. Quando vou à academia, eles não me veem fazendo exercícios, mas quando faço do exercício uma brincadeira, eles estão aprendendo a serem saudáveis — e isso é um ensinamento que ficará com eles pro resto da vida.
  5. É um estilo de vida. Eu não me exercito só em uma determinada hora do dia e depois fico sedentário o resto do tempo. Eu estou me exercitando no decorrer do dia, todos os dias, e isso acaba se tornando uma grande parte da minha vida — não apenas um segmento dela. Um estilo de vida saudável deve ser assim.
  6. É funcional. Quando você flexiona os braços pra levantar peso, você está fazendo um movimento que não é normal fazer no seu dia-a-dia. Alguma vez você já levantou algo pesado e manteve a parte superior do braço paralelo ao corpo? Pelo contrário, quando levantamos algo pesado a gente dobra o joelho, usa as pernas, os ombros e os braços — praticamente o corpo inteiro de uma só vez. Quando eu levanto os meus filhos, eu uso do mesmo movimento que faria levantando qualquer outra coisa. Um exercício funcional e bem mais proveitoso do que levantar pesos de forma isolada.

Fazer exercício usando os meus filhos como equipamento foi a melhor coisa que eu fiz para me manter em forma. É tão divertido que eu nunca quero parar. Além disso, também é funcional, barato, e o melhor de tudo, eu passo mais tempo com eles — e isso não tem preço.

foto: bmooneyatwork

Leia também

Leo Babauta...

...é o criador do blog ZenHabits.net, um dos blogs em inglês mais visitados na internet, com mais de 240.000 assinantes e ranqueado pela revista Time como um dos Top 25 Blogs por dois anos seguidos (2009 e 2010). Leia seus artigos ou saiba mais sobre o autor.

Speak Your Mind

Leia o post anterior:
Promova o seu produto

Quando você for lançar um novo produto, planeje passar no mínimo o mesmo tempo na divulgação que você passou na criação. Um erro muito comum que as pessoas fazem é...

Fechar