Encontre o propósito de sua vida em menos de um minuto

“Pqp!” Foi o que eu pensei assim que saí da reunião. “Acho que acabei de largar o meu emprego.”

Na semana anterior eu não tinha ideia de que estaria fazendo isso. Sério mesmo, não tinha a mínima ideia.

Inclusive, na semana anterior, eu saí para jantar com umas amigas e estávamos justamente conversando sobre nossos planos para o futuro.

“Estou com uma sensação esquisita de que tudo na minha vida está para mudar.” – eu disse a elas. “Eu só não faço ideia de como.” E na semana seguinte, lá estava eu, olhando meu chefe nos olhos, sem piscar, com a maior certeza do mundo de que estava fazendo a coisa certa. Daí eu disse a ele “A partir de hoje estarei cumprindo meu aviso prévio.”

“Não tem nada a ver com o emprego em si.” – continuei. “O trabalho é ótimo.”

Difícil explicar. Eu não estava fugindo de nada. O meu trabalho era tranquilo. A minha vida também. Tudo estava ótimo. É como se algo mais forte do que eu estivesse me forçando a correr em direção a um desejo, uma paixão inexplicável de ir atrás da vida que era pra ser minha, só minha. Uma vida onde cada minuto do dia, desde a hora de acordar até a hora de ir dormir, eu me sentiria completa, vivendo meu propósito.

Ou seja, como explicar ao meu chefe que a minha vida era boa, mas que estava na hora de correr em direção a uma vida fora de série?

“Existe algo que eu possa fazer para você mudar de ideia?” – ele perguntou.

Foi aí que eu me toquei da extensão da minha loucura.

E respondi, “Não.”

Percebi também que aquele não era um não de verdade. Do tipo, eles poderiam ter me oferecido um milhão de dólares, ou uma casa na praia ao lado do Brad Pitt pro resto da minha vida, e ainda sim minha resposta teria sido não.

Não.

Não.

E NÃO!

Nada poderia me fazer continuar a viver essa vida que não era minha. Assim como nada poderia me impedir de me tornar essa pessoa que eu deveria ser, e de viver a vida com o propósito que eu havia encontrado.

Eu saí da reunião e dei uma gargalhada. Quase engasguei de tanto rir só pensando na loucura que tinha acabado de fazer. Era como se eu estivesse assistindo um filme sobre uma garota doidinha prestes a deixar toda a sua vida pra trás.

Só que nesse caso, a “garota doidinha” era eu.

ADOREI!

* * *

E o que eu vou fazer agora? Bom, eu volto a falar sobre isso em breve. Ainda estou me organizando. Mas não se preocupe, eu tenho planos.

Por enquanto, vamos refletir sobre o seguinte:

Encontrar o seu propósito de vida não precisa ser uma questão filosófica drástica ou angustiante. Pelo contrário, talvez seja algo super simples, tão simples quanto responder a essa pergunta:

Isso vai fazer de mim mais do que realmente sou?

Faça essa pergunta a si mesmo esteja você tomando uma decisão tão importante quanto se casar ou algo banal como comprar uma bala.

“Acredito que o nosso propósito não seja uma coisa específica, ou um lugar, ou um trabalho, ou até mesmo um talento qualquer. Nosso propósito é ser. É a maneira como vivemos nossas vidas, e não uma função a ser exercida. Nosso propósito aparece a cada momento que decidimos SER QUEM A GENTE REALMENTE É.” ~Carol Adrienne.

Isso vai fazer de mim mais do que realmente sou?

Eu me sinto alegre? Com um senso de comprometimento? Será que estou sendo verdadeiramente eu? Neste exato momento, a minha vida está alinhada à minha pessoa?

Se a sua resposta for sim, então acredito que você já esteja vivendo com propósito.

E se a resposta for não, então descubra o que é preciso mudar em você, ou na situação, ou nos dois, para que a resposta mude.

E quanto a mim?

Bom, eu me fiz essas perguntas, e foi por isso que cheguei até aqui.

As pessoas pensam que fiz uma loucura, mas sabe o que eu penso sobre isso?

Que loucura seria não ter feito o que fiz.

O que às vezes parece loucura para o resto do mundo pode ser algo de uma clareza indiscutível pra você.

Todas as manhãs quando eu acordo, quero poder ter a certeza de que estou aqui, nesse mundo, por completo. Que cada momento da minha vida, e de todas as maneiras possíveis, estou me tornando a pessoa que eu tenho que ser. Quero poder acordar e saber que eu “sou de propósito”.

E você?


foto: alliekenny

Leia também

Therese Schwenkler...

...é a autora e criadora do site TheUnlost.com, um blog dedicado a ajudar o leitor a encontrar rumo em sua vida, no amor e no trabalho. Com um linguajar despojado e divertido, e com apenas 29 anos, Therese publica artigos com foco no público jovem que até então estava mal servido por sites com dicas chatas e sem valor real. Leia seus artigos ou saiba mais sobre o autor.

Speak Your Mind

Leia o post anterior:
O segredo de como mudar qualquer coisa

Venho aprendendo bastante sobre como mudar hábitos no decorrer dos anos, e já tive a oportunidade de ensinar essas técnicas a milhares de pessoas. Os hábitos mais difíceis de serem...

Fechar