O poder da pausa e como usá-la para viver melhor

Já faz um tempo que descobri e implementei um pequeno hábito que mudou a minha vida por completo.

O hábito de fazer pausas.

Quando fracassamos, é porque agimos por impulso, sem pensar, sem nem perceber. Deu vontade de comer porcaria, vamos lá e comemos. Bateu aquela urgência de checar e-mails ao invés de finalizar alguma tarefa pendente, então vamos direto na caixa de entrada. Temos o impulso de fumar, beber, usar drogas, roer unha, entrar no Facebook, procrastinar, deixar de fazer exercício, comer mais batata frita, criticar, agir de forma invejosa ou com raiva, ser grosseiro… não perdemos tempo – agimos por impulso.

Mas e se ao invés disso aprendêssemos a fazer uma pausa depois de cada impulso? E se parássemos, percebêssemos o impulso, prestando atenção em como ele nos afeta, mas não agíssemos?

O impulso não nos controlaria mais. Seríamos capazes de fazer escolhas conscientes e mais saudáveis, o que nos ajudaria a viver melhor.

Quando conseguimos fazer uma pausa, criamos espaço. Espaço para respirar, pensar, para simplesmente ser, sem agir.

A pausa é a solução para muitos de nossos problemas. Uma coisa tão pequena e no entanto tão poderosa.

Para desenvolver o hábito de pausar, preste atenção no seu próximo impulso. Seria ver alguma coisa na internet? Comer algo que não é saudável pra você? Preste atenção no impulso, aprenda o máximo possível sobre ele. Se mesmo assim você acabar agindo impulsivamente depois da pausa, tudo bem. Mas preste atenção de qualquer forma, e faça uma pausa.

Faça isso no próximo impulso, e no impulso seguinte. Com o tempo você vai ficar bom nisso, e terá muitas oportunidades de praticar.

Os impulsos não vão desaparecer, mas a sua capacidade de fazer a pausa antes de agir vai aumentar.

E quando temos a capacidade de pausar, temos tudo.


foto: striatic

Leia também

Leo Babauta...

...é o criador do blog ZenHabits.net, um dos blogs em inglês mais visitados na internet, com mais de 240.000 assinantes e ranqueado pela revista Time como um dos Top 25 Blogs por dois anos seguidos (2009 e 2010). Leia seus artigos ou saiba mais sobre o autor.

Speak Your Mind

Leia o post anterior:
Seu passado não define o seu futuro

Você não é o seu passado, e o seu futuro não precisa ser parecido com o que já aconteceu. O passado pode ter tido ótimos momentos, mas… As crianças mais...

Fechar