Como se desfazer de relacionamentos ruins

Alguns relacionamentos são incrivelmente maléficos. Com frequência, nos relacionamos por conveniência, sem identificar no outro características de personalidade necessárias para uma relação bem-sucedida – como apoio incondicional, confiança mútua, incentivo e afeto.

Uma relação que nasce somente da conveniência, da proximidade ou da química, geralmente está fadada ao fracasso. É necessário mais do que a simples presença física de alguém para sustentar uma ligação significativa. No entanto, temos a tendência de manter as pessoas por perto porque… bem, elas já estão aqui mesmo.

É fácil desenvolver uma relação com um colega de trabalho ou de escola, ou com alguém que está sempre presente – mesmo que essas pessoas não estejam acrescentando nenhum valor às nossas vidas. É ainda mais fácil permanecer nesses relacionamentos. Isso porque relacionamentos de longa data são convenientes, e dar início a novos é difícil – requer trabalho. Mas manter qualquer coisa que valha a pena também requer trabalho.

Todos nós já mantivemos relacionamentos desnecessários em nossas vidas. E a maioria de nós ainda tem por perto alguém que nos desgasta, que não nos acrescenta em nada e que não nos dá apoio. Alguém que só suga da relação sem dar nada em troca – que nos impede de crescer e que constantemente se faz de vítima.

Mas as vítimas tornam-se vitimizadores – e é ai que mora o perigo. Esse tipo de pessoa não nos preenche e ainda nos impede de ter uma vida com mais substância. Com o passar do tempo, esses relacionamentos tornam-se parte da nossa identidade – eles nos definem.

Felizmente, não precisa ser assim. Podemos tomar várias atitudes para nos livrar desse tipo de relacionamento.

Primeiro, você pode tentar consertar a relação. Essa é a solução preferível, embora nem sempre valha a pena ou seja possível. As pessoas mudam com o tempo, e as relações também. Pode ser que você consiga mudar a dinâmica do relacionamento – seja no casamento, amizade ou em família – sem descartá-lo completamente.

Sente-se com a pessoa que está sugando suas energias e explique o que tem que mudar para que a relação de vocês funcione – diga que você precisa de mais apoio e incentivo, que ela é importante pra você, mas que atualmente a relação de vocês não está te fazendo feliz. Deixe claro que você não está tentando mudá-la como pessoa, e sim melhorar a dinâmica entre vocês.

Por fim, pergunte o que essa pessoa gostaria que mudasse na relação. Questione como você pode acrescentar mais valor. Ouça com atenção e aja de acordo.

Agora, se você não tem como mudar a relação, dê logo um basta. Isso é extremamente difícil, mas se aplica a qualquer tipo de relacionamento: família, amigos, colegas de trabalho e até conhecidos. Se a pessoa não faz nada além de te cansar, é perfeitamente aceitável dizer: “Essa relação não me faz bem, preciso terminá-la e seguir em frente.”

Não há nada de errado em seguir em frente. Você deve isso a si mesmo – ser feliz com as relações que tem. Afinal, você está no comando da sua vida.

Às vezes, seguir em frente é a única forma de desenvolver relações novas e de valor. Recomeçar de mãos vazias e coração aberto lhe permite construir relações concretas, importantes e que te acrescentam – nas quais você pode se divertir e ser feliz. É desse tipo de relacionamento que todos nós precisamos.

Mas é importante fazer a sua parte. Você também tem que acrescentar valor à relação. Não comprando presentes ou comercializando o seu amor, mas estando presente todos os dias e deixando claro o quanto você se importa. Demonstre o seu amor através de atitudes concretas, e faça o que estiver ao seu alcance para colaborar no crescimento do outro.

Entenda, as duas pessoas precisam fazer sua parte para que a relação cresça. Só assim vocês estarão satisfeitos com o relacionamento que construíram.

Leia também

Os Minimalistas...

...são Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus, que escrevem artigos sobre como ter uma vida mais completa e feliz possuindo menos coisas. Em 2010, criaram o site TheMinimalists.com, que hoje já conta com mais de 100.000 seguidores. Leia seus artigos ou saiba mais sobre o autor.

Comments

  1. E exatamente porque é necessário que as duas pessoas invistam na relação, que não da certo quando só uma tenta mudar. É então quando devemos parar de ir atrás de quem não abre espaço pra você. Amigos vão e vem, mas ficam poucos e bons.

  2. Não vale a pena se esforçar sozinho para melhorar um relacionamento. É perda de tempo…estou de pleno acordo com esta matéria.

  3. Chega um momento que a relação ja chegou onde tinha que chegar, muitas vezes tentamos conserta-la e mesmo assim ela acaba, acho que o erro maior de muitas pessoas é tentar consertar o inconsertavel,o mais sábio é cada um seguir sua vida normalmente e encontrar outro alguem que nos faça feliz,embora tenhamos relutancia em aceitar o fim mas ele é fato…

  4. eu estou sofrendo justamente porque eu acho que ele não gosta de mim

Speak Your Mind

Leia o post anterior:
Comprometa-se com a sua meta de renda passiva

Agora que você estabeleceu uma meta de renda passiva específica, é hora de reforçar sua ligação com essa meta. A ideia principal é começar a acreditar de fato na sua...

Fechar