Estabelecendo sua meta de renda passiva

Antes de você começar a criar a sua primeira fonte de renda passiva, é importante estabelecer uma meta a ser atingida.

Afinal, por que você está lendo esta série? Só por lazer ou porque você realmente deseja criar pelo menos um fluxo de renda passiva nos próximos meses?

Sugiro o seguinte para começar: quando terminar de ler esse post, estabeleça um objetivo claro em relação ao que você quer ganhar.

Não feche esta página e nem comece a fazer outra coisa até que tenha definido um objetivo específico de renda passiva.

Nada de enrolar ou empurrar com a barriga. E por favor, nada de respostas vagas como “eu quero mais dinheiro”.

Se o que você quer é criar um fluxo de renda passiva, então vamos garantir que sua meta possua esses 3 itens:

  1. Quanto dinheiro você quer ganhar por mês com este fluxo de renda passiva (quantia específica em reais)
  2. Quanto tempo você acha que este fluxo de renda pode durar (número de anos)
  3. Qual o prazo estabelecido para recebimento de sua primeira renda mensal adquirida com este fluxo

Se o que você tem em mente não se encaixa muito nos parâmetros acima, defina um objetivo que seja melhor pra você.

A ideia é estabelecer uma meta que seja motivadora, e que você acredite que possa ser alcançada.

Se você acha que não consegue gerar renda passiva porque não vai dar conta, então preste atenção: se você colocar R$100 na poupança hoje, vai conseguir alguns trocados de renda passiva todo mês durante os próximos anos. Então nada de preguiça – estabeleça logo uma meta.

Criar metas é uma habilidade que requer prática. Se você cria uma meta muito grande, na qual você nem acredita, não irá atingi-la nunca. Se você estabelece um prazo nada realista, irá estourá-lo. Com a prática, no entanto, você vai aprendendo a fazer ajustes. Em termos de desenvolvimento pessoal, ajuste é o processo de aprimorar seus pensamentos, atitudes e comportamentos até que consiga harmonizá-los e atingir os resultados que deseja.

Eu não espero que sua meta seja perfeita. Não é isso que importa. A meta é apenas o primeiro passo pra fazer com que você leve isso adiante. E a meta final é ficar craque em estabelecer e atingir suas metas. Isso significa arriscar um pouco e não ter medo de cometer alguns erros no início.

É como diz o ditado, “Nunca houve um campeão sequer que em algum momento não tenha sido um iniciante”. Então comece estabelecendo uma meta.

Meus primeiros fluxos de renda passiva

Além dos juros das minhas contas-poupança, minha primeira experiência com renda passiva foi quando eu desenvolvi e publiquei um jogo de computador para o MS-Windows. Acho que lancei o jogo em 1995. Eu mesmo fiz a programação e a parte gráfica (apesar de não ser um bom designer), e minha namorada na época fez a música e ajudou com os efeitos sonoros.

O jogo não vendeu muito bem. Coloquei no meu site, mas este praticamente não tinha tráfego. Também disponibilizei o jogo em vários sites de downloads gratuitos. Criei uma versão demo gratuita com algumas fases, aí as pessoas podiam desbloquear novas fases se comprassem a versão completa. No início a maior parte das vendas veio de pessoas que eram redirecionadas pro meu site através dos sites de downloads gratuitos.

Abri uma caixa postal e comecei a receber encomendas para o jogo. Depois abri uma conta de pessoa jurídica no banco e passei a aceitar cartão de crédito. Depois disso, comecei a aceitar pedidos online. Em determinado momento, eu integrei as coisas de modo que os pedidos pudessem ser processados e concluídos automaticamente.

Eu ganhava em média cerca de 75 dólares por mês com esse jogo. Não fiz muito em termos de marketing, além de colocar o jogo no meu site e deixá-lo disponível naqueles sites de downloads, o que só precisei fazer uma vez. Quando o jogo começou a vender, eu parti pra outros projetos.

Um ano depois do lançamento, o jogo ainda estava rendendo cerca de 75 dólares mensais.

Cinco anos depois, ainda estava rendendo a mesma coisa.

Dez anos após o lançamento, ainda estava rendendo mais ou menos a mesma quantia.

De vez em quando o jogo ganhava uma atenção especial e rendia o dobro. Provavelmente rendeu cerca de 10 a 15 mil dólares durante sua vida útil.

Levei cerca de 6 meses pra desenvolver e lançar esse jogo. Eu tinha muito o que aprender, então demorou. Mas fui ficando muito mais rápido à medida em que fui me aprimorando. No desenvolvimento de um jogo parecido, em 1998, levei apenas 2 semanas pra concluir o projeto, incluindo o design, a programação, os gráficos e os efeitos sonoros.

Lancei mais três jogos com mais ou menos o mesmo nível de qualidade. E novamente, cada um deles acrescentou outros 75 dólares por mês de renda passiva. Então com esses 4 jogos eu recebia até 300 dólares a mais por mês.

Daí eu fiquei esperto e passei 6 meses criando um jogo muito melhor e me dediquei mais na divulgação. O jogo rendeu 500 dólares em vendas no primeiro mês e alguns meses depois chegava a render até 2 mil por mês. Eu continuei atualizando com dois pacotes de extensão e uma versão deluxe que vendia por $24,95. O jogo foi um sucesso e deixou os jogos anteriores no chinelo. Eu também fechei alguns contratos de revenda do jogo, incluindo um que tinha um mínimo garantido de 5 mil dólares por mês.

Desenvolvi esse jogo de sucesso com um orçamento de $0. Eu fiz o design e a programação e o artista gráfico recebe uma porcentagem dos royalties pelo trabalho que fez, então acabei criando um fluxo de renda passiva pra ele também.

Depois eu parti para a revenda de jogos de outros desenvolvedores, o que resultou em novos fluxos de renda passiva pra eles e pra mim. Às vezes eu fazia um pacote oferecendo vários jogos, o que significava vários fluxos de renda passiva. Alguns fluxos eram muito bons. Outros só rendiam uns trocados.

Em 2006 eu finalmente retirei meus jogos do mercado. Nessa época eu já estava ganhando muito mais com o meu site, StevePavlina.com, e não queria perder o foco tendo que cuidar também dessa empresa de jogos. No entanto, foi graças ao fluxo de renda passiva que conquistei vendendo esses jogos que consegui lançar meu site de desenvolvimento pessoal. O que eu ganhava com a venda dos jogos cobria todas as minhas despesas enquanto eu trabalhava no site.

Tendo a visão de longo prazo

Será que ganhar $10 mil de renda passiva no decorrer de 10 anos por um projeto que demorou 6 meses para ser realizado é um bom resultado? Não, pois eu poderia facilmente ter ganhado mais dinheiro num emprego. Antes de desenvolver o meu primeiro jogo, eu já ganhava mais do que isso fazendo freelance de programação.

A razão para criar seu primeiro fluxo de renda passiva não é conseguir uma montanha de dinheiro logo de cara. O objetivo é aprender a criar fluxos de renda passiva pra que você fique melhor nisso. Depois poderá criar fluxos maiores à medida em que for melhorando. Não espere que sua primeira tentativa seja sua obra-prima.

Hoje eu posso criar novos fluxos de renda passiva com mais facilidade do que nos anos 90. O motivo é que com o tempo eu fui aprendendo e aprimorando minhas habilidades.

No início, tente não se preocupar com o valor de retorno dos seus fluxos de renda passiva. Se você conseguir criar um fluxo de $50 por mês, ótimo. É muito mais fácil fazer isso hoje do que em 1995, quando eu comecei. Seu telefone celular, por exemplo, é provavelmente 100 vezes mais potente do que o computador que eu usava naquela época.

Você também tem a minha ajuda nesse processo. Quando eu comecei eu não tinha ninguém pra me auxiliar. Naquela época as pessoas só falavam que eu deveria arrumar um emprego. Hoje elas não dizem mais isso. ;)

Estabeleça metas e seja paciente com o seu progresso. Esta é uma habilidade que lhe ajudará a vida inteira. Mesmo que você trabalhe nisso por 10 anos, ainda haverá muito o que aprender.

Minha meta de renda passiva

Como parte dessa série sobre renda passiva, vou lhe auxiliar no processo de criação de um novo fluxo de renda passiva, e aproveitar pra criar um pra mim também. Ainda não decidi o que vai ser, mas tenho certeza de que pensarei em alguma coisa. Ter ideias é fácil.

Pra começar, como já foi dito anteriormente, a criação de uma meta tem que vir primeiro. Pra simplificar as coisas, veja o que considero uma meta relativamente conservadora:

Em cinco meses vou criar um novo fluxo de renda passiva que renda em média pelo menos $2.000 por mês e dure no mínimo 10 anos.

Isso significa criar um novo fluxo que renda pelo menos $240.000 na próxima década.

Pra mim essa meta é atingível. Eu já criei vários fluxos desse tamanho e até maiores, então não é forçar a barra acreditar que posso fazer isso novamente. O desafio será explicar passo a passo o processo – já que nunca fiz antes. Por isso vou manter essa meta bem básica pra que eu possa focar na parte do ensino.

Ter uma meta clara e específica me ajuda a passar para a fase de pensar em como vou atingi-la.

E o que acontece se eu não cumprir o prazo? Nada. Vou estabelecer outro prazo. O prazo é um mecanismo de foco. Eu não quero ficar empacado pra sempre na etapa da ideia.

Faça agora

Você não terminou de ler esse post até que tenha estabelecido sua meta por escrito. Se ainda não fez isso, faça agora mesmo. Depois, que tal postá-la em algum lugar (seu blog, Facebook, etc) onde as pessoas podem te apoiar e dar força.

Por exemplo, eu estou compartilhando minhas metas neste artigo porque espero que várias pessoas me desejem sucesso – já que elas também vão se beneficiar com o valor educacional desse processo.

Se você acha que o resultado de compartilhar suas metas vai ser negativo, então você tem um outro desafio pra encarar – incompatibilidade com as pessoas ao seu redor. Essas pessoas só irão ficar no seu caminho. Por isso, se você não acha que consegue convencê-las, afaste-se delas. Bloqueie-as nas mídias sociais, corte relações se necessário, etc.

Se elas hoje já não gostam da sua meta, imagine como ficarão quando você de fato conseguir atingi-la? Provavelmente vão gostar menos ainda (inveja… você sabe como é). É melhor se afastar agora e preencher sua vida com pessoas positivas que vão te dar apoio. Deixe que as outras aprendam com seu exemplo… bem de longe.

Prepare-se para conseguir. Saiba que uma vez estabelecida a meta, você irá atingi-la. Então comece a eliminar tudo na sua vida que possa ficar entre você e sua meta. Afaste-se de quem não conseguir lidar com isso, porque aí você vai acabar atraindo relacionamentos muito melhores com pessoas que vão te apoiar nessa jornada. O peso morto deve ser eliminado para que a positividade prevaleça.


foto: Emma Brabrook

Leia também

Steve Pavlina...

...é considerado o blogueiro internacional mais bem-sucedido e popular na área de desenvolvimento pessoal, com leitores em mais de 150 países. Por mês, seu site atrai mais de 2 milhões de pessoas - e isso sem propaganda, apenas no boca-a-boca. Leia seus artigos ou saiba mais sobre o autor.

Comments

  1. Carlos Araujo says:

    Desejo-lhe toda sorte do mundo e te abençoo para que vc consiga chegar a sua meta, estou no mesmo propósito, gerar minha segunda renda passiva.

Speak Your Mind

Leia o post anterior:
Transforme o ambiente ao seu redor e entre em forma

Nos últimos sete anos eu fui de sedentário de carteirinha a maratonista. Durante esse tempo aprendi que, no que diz respeito a manter a forma, o ambiente em que você...

Fechar